quarta-feira, 19 de maio de 2010

Página


Página em branco obra em negro
e o silêncio tanto
percorrendo seu enredo
palavra vazia sentido repleto
e o riso da ausência
do outro lado do objeto
disfarce original cópia autêntica
e o igual igual ao igual
no desejo da sua diferença

Carlos Augusto Novais

Um comentário:

  1. Isto é maravilhosooo! Vc sabe muito bem escolher as poesias! Parabéns :)

    ResponderExcluir

Adoro saber tua opinião!
Obrigada por participar.